Sábado, 15 de Julho de 2006

O Agulhado

Era uma vez ... já lá vão muitos centénios, ainda a igreja de Nossa Senhora
da Pena, ou da Penha, era lindamente ordenada de preciosidades que a
tornaram
muito bela, como muito belas já eram as suas cantarias.

Entre as coisas valiosas que lá havia contava-se uma relíquia, que era um
pequenino osso de São Brás, guardado em uma bolsa de rico pano. E quando
algum
devoto se sentia amargurado ia àquela igreja e colocava a relíquia em volta
do pescoço sentindo-se, quase logo, aliviado.

Consta-se que, um dia, um pobre rapaz, engulira descuidadamente, uma agulha
e se lhe atravessara na garganta, causando-lhe grande aflição, quase o
sufocando.

Apressadamente o levaram diante de N. S. da Penha e lhe puseram a relíquia
ao pescoço.

Teve-se este facto como um milagre de N. S. da Pena e o rapaz ficou sendo
conhecido por O Agulhado.

(M. Seleiro)

publicado por tradicional às 11:09
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. Lenda do Milagre de Ouriq...

. Lenda da Nossa Senhora de...

. AMOR E CEGOVIM

. a Lenda da Porta da Traiç...

. SANTA IRIA

. A Princesa Zara

. O PAJEM INVEJOSO

. O MILAGRE DAS ROSAS

. LENDA DO VINHO DO PORTO

. Lenda da Serra do Nó

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds